95.9 FM

Profissionais da NSC TV são agredidos em frente ao estádio Augusto Bauer durante a cobertura de uma partida de futebol

Durante a cobertura da partida entre Brusque e Criciúma, válida pela final do Campeonato Catarinense de Futebol, profissionais de imprensa acabaram agredidos em frente ao estádio Augusto Bauer.

Revoltados com a não marcação de um pênalti a favor do Brusque, torcedores que estavam no local começaram a ofender a Federação Catarinense de Futebol e em especial profissionais da NSC TV.

A Associação Catarinense de Imprensa publicou Nota Oficial repudiando as agressões aos aos repórteres Ana Cristina Machado e Adriano Da Nahaia, da NSCTV. Segundo o texto publicado pela ACI “os profissionais foram covardemente atacados e intimidados enquanto trabalhavam na cobertura da final do Campeonato Catarinense de Futebol” no sábado, em Brusque, em um telão colocado à disposição para a torcida local conferir o confronto do Tigre diante do Brusque que ocorreu em Criciúma, no Sul do Estado.

A entidade ainda pede que “as autoridades sejam ágeis na identificação dos responsáveis pelo ataque aos jornalistas e firmes na punição desses baderneiros. Episódios como esse são inaceitáveis, mas certamente voltarão a ocorrer se não forem tratados como rigor necessário”

OUÇA CBN

Profissionais da NSC TV são agredidos em frente ao estádio Augusto Bauer durante a cobertura de uma partida de futebol

Durante a cobertura da partida entre Brusque e Criciúma, válida pela final do Campeonato Catarinense de Futebol, profissionais de imprensa acabaram agredidos em frente ao estádio Augusto Bauer.

Revoltados com a não marcação de um pênalti a favor do Brusque, torcedores que estavam no local começaram a ofender a Federação Catarinense de Futebol e em especial profissionais da NSC TV.

A Associação Catarinense de Imprensa publicou Nota Oficial repudiando as agressões aos aos repórteres Ana Cristina Machado e Adriano Da Nahaia, da NSCTV. Segundo o texto publicado pela ACI “os profissionais foram covardemente atacados e intimidados enquanto trabalhavam na cobertura da final do Campeonato Catarinense de Futebol” no sábado, em Brusque, em um telão colocado à disposição para a torcida local conferir o confronto do Tigre diante do Brusque que ocorreu em Criciúma, no Sul do Estado.

A entidade ainda pede que “as autoridades sejam ágeis na identificação dos responsáveis pelo ataque aos jornalistas e firmes na punição desses baderneiros. Episódios como esse são inaceitáveis, mas certamente voltarão a ocorrer se não forem tratados como rigor necessário”

OUÇA CBN

Open chat
Fale com a CBN Vale do Itajaí
Olá 👋
Podemos te ajudar?