Produção de peixes é destaque em Gaspar

peixes em Gaspar

Desenvolvimento da atividade apresenta crescente e município faz incentivo à regularização ambiental 

‌Com um prêmio nacional na 12ª edição da Aquishow, em São Paulo, recebido neste ano e posicionado em ranking entre os 10 principais produtores do estado, Gaspar tem se destacado na produção de peixes de água doce. Em virtude do crescimento da atividade, o município intensifica os trabalhos para a manutenção da regularização ambiental de fazendas.

Gaspar possui 14 fazendas comerciais produtoras de peixe, que produzem aproximadamente mil toneladas da proteína por ano. A pisicultura de Gaspar é formada, em especial, pela criação de duas espécies de peixes, a tilápia e a truta. O município ainda conta com cerca de 190 produtores amadores e mais de 650 viveiros.

‌‌O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) definiu que fazendas instituídas antecessoras a 2008 teriam até novembro de 2023 para realizar a regularização ambiental. Até o momento, somente fazendas instituídas após 2008 tinham autorização ou licenciamento ambiental.

‌Conforme nota da prefeitura em relação à explicação da Superintendência de Meio Ambiente, Piscicultores e Pesque e Pagues de até 5 hectares de lâmina de água (LA) deverão solicitar, junto a Superintendência, uma Autorização Ambiental e fazendas novas com mais de 5 hectares (LA) deverão apresentar um estudo ambiental para solicitar a Licença Ambiental Previa (LAP), Licença Ambiental de Instalação (LAI) e Licença Ambiental de Operação (LAO), ou no caso de empreendimentos já existentes, solicitar uma Licença Ambiental de Operação Corretiva (LAOc).

Os licenciamentos são válidos por quatro anos, porém com a condicionante de apresentar os estudos referentes ao monitoramento ambiental dos cultivos em uma frequência de 8 a 12 meses. Os licenciamentos ajudam em práticas como o monitoramento de qualidade ambiental, da segurança alimentar e redução dos riscos de transmissão de doenças e também na expansão desses criadouros, pois as fazendas licenciadas podem ser elegíveis para financiamentos e apoios governamentais.

Para o Prefeito de Gaspar, Kleber Wan-Dall o licenciamento garante a qualidade do produto e a sustentabilidade em fazendas de produção de peixes, ao mesmo tempo em que oferecem vantagens comerciais e de segurança alimentar. Consequentemente fortalecendo e expandindo toda a economia local.

‌Inclusive, a tilápia é o peixe mais consumido em todo o território nacional, no ano passado, foram produzidas em todo o País mais de 550 mil  toneladas, volume que representa 63,93% da produção nacional de peixes de cultivo. Santa Catarina é o 4º estado que mais produz a espécie no país, com mais de 42 mil toneladas ao ano. 

Open chat
Fale com a CBN Vale do Itajaí
Olá 👋
Podemos te ajudar?