Operação da PF investiga agentes por facilitar contrabando da Argentina para SC

colagem-k-800x533-1

Uma operação da PF (Polícia Federal) foi deflagrada nesta quinta-feira (5), com objetivo de colher provas relacionadas aos crimes de facilitação ao contrabando e descaminho de produtos importados irregularmente da Argentina, através da região de Paraíso, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. O trabalho foi intitulado “Ablepsia Deliberada”.

Durante o dia serão cumpridos quatro mandados de busca e apreensão nas cidades de Paraíso/SC e São Miguel do Oeste/SC, expedidos pela Justiça Federal em Chapecó/SC.

“No curso da investigação se identificou um possível envolvimento de servidores de empresa pública em atividades relacionadas ao descaminho de mercadorias oriundas da Argentina”, disse a PF.

A investigação da polícia informou que alguns servidores facilitavam a entrada irregular de produtos importados para o Brasil, inclusive produtos cuja importação é proibida ou depende de autorização de agências reguladoras, como combustíveis e gás de cozinha.

Nas buscas, duas pessoas foram presas em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Em outro local foram encontradas cerca de cem caixas de vinho objeto de descaminho, além de dois galões de agrotóxicos de origem estrangeira introduzidos irregularmente no país.

O nome da operação, “Ablepsia Deliberada”, ou cegueira intencional, remete justamente à conduta de agentes estatais que faziam vista grossa à importação irregular de mercadorias, durante o exercício de suas atribuições funcionais.

Os envolvidos na operação são investigados pelos crimes de facilitação ao contrabando e descaminho, prevaricação, descaminho e contrabando, todos previstos no Código Penal, além do crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

Open chat
Fale com a CBN Vale do Itajaí
Olá 👋
Podemos te ajudar?