Governo recebeu acenos de França e Espanha para aportes ao Fundo Amazônia, diz Marina Silva

02

Isso ampliaria o número de doadores após o anúncio da doação dos Estados Unidos. Criado em 2008, o Fundo Amazônia financia projetos de redução do desmatamento e fiscalização da floresta, mas foi havia sido suspenso pelos contribuidores, como Alemanha e Noruega, no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro.

A ministra do Meio Ambiente e da Mudança do Clima, Marina Silva, disse que o governo recebeu acenos de França e Espanha para aportes ao Fundo Amazônia. Isso ampliaria o número de doadores após o anúncio da doação dos Estados Unidos.

A declaração foi feita nesta quarta-feira (15), em uma coletiva de imprensa após a reunião de reinstalação do Comitê Orientador do Fundo Amazônia na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, no Centro do Rio. Essa é a primeira vez que o grupo se reúne desde 2018, após o restabelecimento da governança do Fundo Amazônia pelo presidente Lula.

Criado em 2008, o Fundo Amazônia financia projetos de redução do desmatamento e fiscalização da floresta, mas foi suspenso pelos contribuidores, como Alemanha e Noruega, no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. Com a retomada, a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, afirmou que já existem cerca de 14 projetos que já estão qualificados para serem aprovados e agora a expectativa é que os projetos sejam retomados.

Segundo o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, o grande desafio no tema ambiental é sair do modelo predatório para modelo sustentável na Amazônia. Ele reforçou que a prioridade são projetos de ordenamento territorial, e proteção emergencial dos povos indígenas.

Também participaram da coletiva a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, o ministro de Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira; e o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Capelli. Até o momento, o fundo Amazônia já recebeu doações de 1,3 bilhão de dólares.

Ainda nesta quarta-feira, a embaixadora dos Estados Unidos no Brasil afirmou que a Casa Branca vai acertar, junto ao Congresso americano, o valor exato do repasse ao Fundo Amazônia nas próximas semanas.

Open chat
Fale com a CBN Vale do Itajaí
Olá 👋
Podemos te ajudar?