95.9 FM

Institutos federais fazem ato pela paz no Dia Mundial da Educação


Logo Agência Brasil

Os Institutos Federais (IFs) de todo o país promoveram, na manhã desta sexta-feira (28), um abraço pela paz simultâneo. O ato simbólico marca o Dia Mundial da Educação, celebrado em 28 de abril, e contou com a participação de estudantes, professores e demais servidores dos institutos federais e da comunidade em geral.  

A iniciativa foi organizada pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que engloba 41 instituições com mais de 600 campi, em todo o país. O objetivo é promover a cultura de paz nas instituições de ensino e na sociedade. Os estudantes foram convidados a fazer publicações nas redes sociais com as hashtags #BrasilUnidoPelaPaz e #EscolaSegura, para juntar os conteúdos publicados.

Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição. - Luciana Massukado, Reitora do IFB, participou do abraço.  -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição. - Luciana Massukado, Reitora do IFB, participou do abraço.  -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A reitora do IFB Luciana Massukado participou do ato simbólico, em Brasília – Antonio Cruz/Agência Brasil

Notícias relacionadas:

No Distrito Federal, o Instituto Federal de Brasília (IFB) realizou a atividade nos oito campi para marcar posição no enfrentamento à violência no ambiente escolar.  

A reitora do IFB, Luciana Massukado, que preparou a mobilização na área externa do Campus Brasília, acredita que a harmonia começa pelo respeito às diferenças.

“É preciso trabalhar uma cultura de paz que venha dentro de cada um de nós, para melhorar nossas relações humanas, com a comunicação não violenta, com empatia, com respeito às diversidades. Eu vejo a educação como um lugar que você pode transformar vidas por meio de uma educação ‘com e para’ a diversidade”.

Abraço coletivo

Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição.  - Patrícia Albuquerque de Lima, Diretora do IFB, participou do abraço. -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição.  - Patrícia Albuquerque de Lima, Diretora do IFB, participou do abraço. -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Diretora do Campus Brasília, Patrícia Albuquerque, durante abraço pela paz no IFB – Antonio Cruz/Agência Brasil

A diretora do IFB Campus Brasília, Patrícia Albuquerque de Lima, entende que o ato contribui para devolver o ambiente escolar para seu real propósito: educar.

“A instituição de ensino faz parte desse processo de cultivar o respeito à diversidade. A gente não tem que ficar preocupado só com as questões de segurança. Precisamos voltar a investir, cada vez mais, o nosso tempo para devolver à sociedade tudo que a gente recebe dela.”  

A professora de física Christine Loureço aposta que o Abraço pela Paz deixa um legado positivo. “Deste ato simbólico, fica a mensagem [de paz] para a nossa comunidade. Às vezes, você não pensa a respeito disso. Mas, quando a sua atenção é chamada para aquele momento, você passa a reconsiderar e olhar de maneira diferente”.

A professora de licenciatura em dança Juliana Passos trouxe vários alunos do curso para participar da dinâmica coletiva: “tirei os alunos da sala porque nós, da dança, os artistas, temos que apoiar esses movimentos pela paz”.

A estudante Nicole Cristina saiu da sala de aula, no Campus Brasília, para se unir aos colegas: “acho importante a gente falar sobre isso, ter essas atitudes para resgatar a paz e se conectar com os outros”.

“O abraço de hoje serve para relembrarmos que o amor é importante. Precisamos nos preocupar, não somente com o caos, mas com o respeito aos outros”, disse o estudante Jhone Soares Costa,

Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Alunos se reuniram no Dia Mundial da Educação no Campus Brasília do IFB – Antonio Cruz/Agência Brasil

Efeito multiplicador

O diretor-geral do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Campus Aracaju, Francisco Gumes, destacou o efeito multiplicador na sociedade para manter o ambiente seguro. “Esse evento sensibiliza o aluno, o traz à responsabilidade também. Não é só para o aluno, mas para o servidor administrativo, o docente, o colaborador terceirizado, enfim, para toda a gestão como um elemento a mais em um processo de segurança e de manutenção dessa cultura de paz”.

“Todo mundo tem um pouco de responsabilidade para a manutenção da paz na escola. A gente entende esse abraço simbólico como um momento de necessidade de resgatar valores”, defendeu Gumes.

Para o professor de Sociologia do Campus Aracaju Alysson Rocha coloca este ato consciente se contrapõe à violência vivida recentemente dentro do ambiente escolar no país.

“Os atos terroristas que aconteceram nas escolas do Brasil têm o intuito de dispersar, fazer a gente ter medo, não confiar no outro. Então, o abraço de hoje é mais do que um símbolo. Ajuda a gente a se sentir mais próximo pelo toque, pelo olhar e, também, para a gente se sentir pertencente à comunidade escolar. Essa é maneira que a gente tem para combater a violência que vinha se construindo”.  

Cartilha

Na semana passada, o Ministério da Educação publicou a cartilha online Recomendações para Proteção e Segurança no Ambiente Escolar, em formato digital. A publicação é parte do trabalho do grupo interministerial coordenado pelo MEC para tratar da violência nas escolas. 

Powered by the Echo RSS Plugin by CodeRevolution.

OUÇA CBN

Institutos federais fazem ato pela paz no Dia Mundial da Educação


Logo Agência Brasil

Os Institutos Federais (IFs) de todo o país promoveram, na manhã desta sexta-feira (28), um abraço pela paz simultâneo. O ato simbólico marca o Dia Mundial da Educação, celebrado em 28 de abril, e contou com a participação de estudantes, professores e demais servidores dos institutos federais e da comunidade em geral.  

A iniciativa foi organizada pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que engloba 41 instituições com mais de 600 campi, em todo o país. O objetivo é promover a cultura de paz nas instituições de ensino e na sociedade. Os estudantes foram convidados a fazer publicações nas redes sociais com as hashtags #BrasilUnidoPelaPaz e #EscolaSegura, para juntar os conteúdos publicados.

Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição. - Luciana Massukado, Reitora do IFB, participou do abraço.  -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição. - Luciana Massukado, Reitora do IFB, participou do abraço.  -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A reitora do IFB Luciana Massukado participou do ato simbólico, em Brasília – Antonio Cruz/Agência Brasil

Notícias relacionadas:

No Distrito Federal, o Instituto Federal de Brasília (IFB) realizou a atividade nos oito campi para marcar posição no enfrentamento à violência no ambiente escolar.  

A reitora do IFB, Luciana Massukado, que preparou a mobilização na área externa do Campus Brasília, acredita que a harmonia começa pelo respeito às diferenças.

“É preciso trabalhar uma cultura de paz que venha dentro de cada um de nós, para melhorar nossas relações humanas, com a comunicação não violenta, com empatia, com respeito às diversidades. Eu vejo a educação como um lugar que você pode transformar vidas por meio de uma educação ‘com e para’ a diversidade”.

Abraço coletivo

Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição.  - Patrícia Albuquerque de Lima, Diretora do IFB, participou do abraço. -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição.  - Patrícia Albuquerque de Lima, Diretora do IFB, participou do abraço. -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Diretora do Campus Brasília, Patrícia Albuquerque, durante abraço pela paz no IFB – Antonio Cruz/Agência Brasil

A diretora do IFB Campus Brasília, Patrícia Albuquerque de Lima, entende que o ato contribui para devolver o ambiente escolar para seu real propósito: educar.

“A instituição de ensino faz parte desse processo de cultivar o respeito à diversidade. A gente não tem que ficar preocupado só com as questões de segurança. Precisamos voltar a investir, cada vez mais, o nosso tempo para devolver à sociedade tudo que a gente recebe dela.”  

A professora de física Christine Loureço aposta que o Abraço pela Paz deixa um legado positivo. “Deste ato simbólico, fica a mensagem [de paz] para a nossa comunidade. Às vezes, você não pensa a respeito disso. Mas, quando a sua atenção é chamada para aquele momento, você passa a reconsiderar e olhar de maneira diferente”.

A professora de licenciatura em dança Juliana Passos trouxe vários alunos do curso para participar da dinâmica coletiva: “tirei os alunos da sala porque nós, da dança, os artistas, temos que apoiar esses movimentos pela paz”.

A estudante Nicole Cristina saiu da sala de aula, no Campus Brasília, para se unir aos colegas: “acho importante a gente falar sobre isso, ter essas atitudes para resgatar a paz e se conectar com os outros”.

“O abraço de hoje serve para relembrarmos que o amor é importante. Precisamos nos preocupar, não somente com o caos, mas com o respeito aos outros”, disse o estudante Jhone Soares Costa,

Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Brasília (DF), 28.04.2023 - Estudantes do IFB - Instituto Federal de Brasília, fazem ato simbólico de abraço ao prédio da instituição -  Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Alunos se reuniram no Dia Mundial da Educação no Campus Brasília do IFB – Antonio Cruz/Agência Brasil

Efeito multiplicador

O diretor-geral do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Campus Aracaju, Francisco Gumes, destacou o efeito multiplicador na sociedade para manter o ambiente seguro. “Esse evento sensibiliza o aluno, o traz à responsabilidade também. Não é só para o aluno, mas para o servidor administrativo, o docente, o colaborador terceirizado, enfim, para toda a gestão como um elemento a mais em um processo de segurança e de manutenção dessa cultura de paz”.

“Todo mundo tem um pouco de responsabilidade para a manutenção da paz na escola. A gente entende esse abraço simbólico como um momento de necessidade de resgatar valores”, defendeu Gumes.

Para o professor de Sociologia do Campus Aracaju Alysson Rocha coloca este ato consciente se contrapõe à violência vivida recentemente dentro do ambiente escolar no país.

“Os atos terroristas que aconteceram nas escolas do Brasil têm o intuito de dispersar, fazer a gente ter medo, não confiar no outro. Então, o abraço de hoje é mais do que um símbolo. Ajuda a gente a se sentir mais próximo pelo toque, pelo olhar e, também, para a gente se sentir pertencente à comunidade escolar. Essa é maneira que a gente tem para combater a violência que vinha se construindo”.  

Cartilha

Na semana passada, o Ministério da Educação publicou a cartilha online Recomendações para Proteção e Segurança no Ambiente Escolar, em formato digital. A publicação é parte do trabalho do grupo interministerial coordenado pelo MEC para tratar da violência nas escolas. 

Powered by the Echo RSS Plugin by CodeRevolution.

OUÇA CBN

Open chat
Fale com a CBN Vale do Itajaí
Olá 👋
Podemos te ajudar?